Informações ANS - Compra da carteira individual da Golden

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estipulou nesta quarta-feira (09/10) prazo de até 72 horas para a operadora Unimed Rio solucionar os problemas averiguados depois da compra da carteira de planos individuais/familiares da Golden Cross. O levantamento de reclamações dos consumidores ocorreu em todos os estados brasileiros pelos núcleos da ANS, pelo Disque ANS e outros canais disponibilizados ao consumidor. A aquisição foi aprovada pela ANS mediante uma série de compromissos assumidos pelas duas operadoras. A Agência está monitorando a transição, que não pode trazer prejuízo ao consumidor.

As reclamações mais frequentes que chegaram à ANS desde o dia 1º/10/2013, data em que passou a valer a alienação da carteira de individuais/familiares da Golden Cross para a Unimed Rio, foram: desmarcar exames/consultas/procedimentos previamente agendados, não emissão da carteirinha pela Unimed Rio, não emissão de boletos de pagamento, call center com prolongado tempo de espera ou nenhum atendimento.

Nesta quarta-feira, representantes da Unimed Rio foram convocados pela ANS. A Agência expôs os problemas averiguados e determinou o prazo máximo para a resolução. Após receber o devido posicionamento da operadora quanto às medidas de correção aplicadas, a Agência fará fiscalização in loco para se certificar do cumprimento das medidas.

De 1º/10 a 8/10, a ANS registrou 1.670 reclamações contra as duas operadoras. Destas, 594 já se tornaram notificações. A atual tendência de redução nas reclamações não interfere nas medidas que a ANS está tomando.
Fonte: ANS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tratamento de obesidade mórbida em clínica de emagrecimento pode ser custeado por plano de saúde

Direitos da pessoa com câncer

Beneficiário de plano de saúde coletivo tem legitimidade para questionar rescisão unilateral por operadora